quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Dois anos depois...

Há dois anos trouxe o Mel para morar comigo. Era para ser temporário, até ele se recuperar do ferimento da mão e da gengivite, mas como vocês sabem ele acabou ficando, ficando...
Quanta coisa aconteceu desde o resgate dele. Ele já me deu vários sustos!
Primeiro fugiu do quarto e passou para dentro de casa, depois fugiu da caixinha de transporte na porta da clínica, foi uma confusão na rua!
Ardeu em febre por causa da gengivite. Se escondeu em algum lugar que até hoje eu não sei qual foi e eu levei horas para encontrá-lo no dia que voltei de uma viagem. Achei que ele tivesse morrido e não quiseram me contar!
No início do ano quase morreu de rinotraqueíte. E eu espero que este tenha sido o último!
Quando ele chegou aqui nem se mexia, os olhos eram fixos, atentos, sempre alerta! Não dormia com ninguém, era reservado, não subia na minha cama.
Hoje, depois de muita conversa, paciência e carinho ele vem dormir comigo e tem vezes que deita em cimadas minhas pernas, todo esparramado!
Quem olha para ele dormindo todo contente e tranquilo, não sabe o quanto caminhamos!
Mel, o que eu puder fazer para que os seus sonhos sejam doces, eu vou continuar fazendo! Espero que a sua vida seja longa e feliz aqui em casa. Aqueles tempos difíceis acabaram, viu? Mas isso você já sabe, né?

8 comentários:

Teodoro disse...

ohhhh.... Com este carinho, quem não fica um doce?

Claudia disse...

Linda história que acompanhei e acompanho...tudo de bom para o Mel e pra você!
bjs

Suzana Tamassia disse...

O Mel é prova viva que às vezes só precisamos dar carinho e cuidados para mudar a vida de um bichinho!
Parabéns pela sua persistência Stela e por não ter desistido do Mel naquela noite na rua sem saída.
bjs

♥QUERENDO SER MÃE♥ disse...

Emocionei com esse seu post... lembra muito algumas das crises que passei com meus animais...
Parabéns pelos bichanos lindos...

o Mel é igualzinho o meu Simon...

bjus

Prosopopéias Cintilantes disse...

Obrigada pelas visitas e pelos comentários! Quem acompanha o blog sabe o que eu já passei com ele. Mas sei que foi bom, faria de novo, não me arrependo de nada. Sou feliz assim!
Bjs
Stela

Mariana, Lilika e Malú disse...

o Mel é lindão..com certeza o seu amor e carinho fazem toda a diferença...amamos o seu cantinhos!!venha conhecer o nosso!!lambjs e miaus!!

GRAÇA disse...

Claro que ele sabe e que gordinho que ele está ...bem bonito
Venho desejar um Natal Feliz e com muitas prendas na patinha e que o Ano Novo nos traga muita saúde e muita amizade
Turrinhas da amiguinha
Kika

Fran disse...

Oi! Li a história dos seus filhinhos e me apaixonei por cada um deles! São uns amores e um mais especial que o outro. Eu sou mãe de seis cats, duas fêmeas e quatro machos. A que teve a história mais triste foi a Neguita.... ela foi encontrada em um terreno baldio com uma fratura exposta no bracinho e com muitas bicheiras... a veterinária calculou que ela já estava lá naquele estado a uma semana aproximadamente. Ela teve o membro amputado e depois eu a conheci e me apaixonei. Quando vi a carinha dela na foto de doação pensei: ela precisa de um lar seguro, COMIGO! E no mesmo dia fui conhecê-la e depois que olhei ela nunca mais desgrudei da baixinha. No inicio ela era super assustada, não deixava eu fazer carinho e só ficava quietinha no canto, mas aos pouco eu fui fazendo cafuné e massagem nela e hj ela corre pela casa miando atrás de mim pedindo massaginha! É um doce de gatinha, e eu concordo com vc de que qualquer coisa que eu precise fazer para manter a doçura no olhar de todos os cats eu faço! Eles são a minha vida, são donos da casa e são o q eu tenho de mais valioso! Amo muuuuuuito! Se quiser conhecer meus filhotes visite o nosso blog ronronmania! Beijos! Fran