quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A mala azul voltou!

E a mamãe também!
Tava todo mundo com saudade dela. A Dinda Sam veio aqui em casa ficar com a gente, fazer companhia, brincar um pouco. A Nádia veio cuidar da gente todo dia e até o Tio Bruno e a Tia Kika vieram, mas a gente estava esperando a mamãe voltar.
E não é que ela voltou sem a mala azul? Eu fiquei pensando que ela ia sair de novo, mas ela não saiu e a mala só chegou no dia seguinte. Aí, eu corri e fiquei tomando conta, se ela fosse levar a mala outra vez, eu ia junto! Mas a mala foi para o alto do armário, sinal que a mamãe vai ficar em casa. Oba!
Os dias passaram bem devagar e a saudade era bem grande. E a saudade de cada um é de um jeito, né?
A Bibi fica o tempo todo no colo da mamãe. Não sai de lá de jeito nenhum! O Sebastian também tem que ficar colado o tempo todo! Coitada da mãe! Eles são uns grudes!
A Camille fica muito chateada quando a mamãe não está por perto e não gosta muito de papo com niguém, fica lá na dela, longe... desconfiada. Ela ficou muito no alto do armário junto com o Vincent e a Wylla. Mas agora já está fazendo chamego com a mamãe outra vez.
O Mel ficou muito triste, mas muito mesmo. Eu até falava para ele,"calma, cara, ela vai voltar!" mas ela não estava acreditando e ficou trite mesmo. A Dinda Sam também conversou com ele, mas nada animou o cara. Aí, a Dinda contou para a mamãe e chamou a Tia Kika aqui em casa e ela deu uma injeção nele. Ele melhorou, mas agora que a mamãe voltou é que ele ficou contente de novo!
Eu, Frank e Henri já sabíamos que ela vai , mas ela volta. Ela sempre volta! E quando ela volta aperta tanto a gente! Mais tanto tanto! E a gente quer contar tudo que aconteceu e fica uma falação aqui em casa! Todo mundo falando ao mesmo tempo e contanto as coisas e dando beijo e ganhando abraço. É uma festa!
Foram muitos dias longe e a saudade estava apertando o coração dela e os nossos, mas agora ela está aqui com a gente e passou um dia inteiro só fazendo chamego. Dormimos todos juntos ganhando carinho. Dessa vez ela trouxe dois presentes para gente. Uma comidinha deliciosa e uma varinha nova!
Sabe o que a mamãe falou? Que ela adora viajar, mas que o melhor lugar do mundo é a nossa casa, com a gente perto dela. E ela disse que pensou na gente o tempo todo! Nós também!
Fred Astaire

4 comentários:

Flávia Mergulhão disse...

OOOOH...que saudades gostosas,,,rs
Lambidinhas para os Petetecos queridos!

Prosopopéias Cintilantes disse...

Oi, Flávia
Obrigada pela visita! Bjs

Claudia disse...

Depois de todas essas declarações, vai ser difícil viajar outra vez, heim?
Bom retorno!
bjs

GRAÇA disse...

Foram muitos dias mesmo e elas pensam que agente não sente falta mas nos sofremos porqque nunca sabemos se voltam e se nos deixaram ai quando eu sinto o cheirinho gostosoda mami no elevador já sei que ela está a chegar e corro logo para porta a falar mamimami e ela diz eu cheguei meu amor que saudades...até que mami de um tempo para cá vai muito pouco viajar ,eu já ouvi ela estar a dizer a senhora que vem cá a casa que cada vez lhe custa mais me deixar sozinha (a senhora vem cá dia sim dia não,mas só me po~e comida e água,não me dá miminhos ,nem brinca comigo e depois a noite vou para cama da mami mas ela não está lá...)
Como eu os entendo!
Turrinhas da amiga
Kika