quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Notícias do Mel

O Mel está aqui em casa desde o dia 29 de novembro e ainda está muito assustado. Ele melhorou da gengivite, mas não passou. A vet acha que uma solução seria fazer a extração do últimos dentes de cada lado, mas não quero fazer isso por enquanto.
A patinha dele ainda não cicatrizou e nós repetimos o exame para saber se pode ser esporotricose. Ela está estranha, já teve 3 bolhas de sangue na parte de cima. A primeira estourou sozinha, as outras duas a vet furou.
Aliás, na semana passada ele me deu um dos maiores sustos da vida!
Fomos na vet para fazer a avaliação da gengivite e da pata. Ele andava muito estressado, não deixava encostar nele.
Lá na clínica ele ficou um santo, só para eu parecer doida.
Quando saímos da clínica, a porta da caixinha de transporte abre e ele sai corendo pela rua. Achei que eu fosse infartar!
Foi uma correria danada!
Pedi ajuda, veio um monte de gente, uma confusão!
A Dra. Kátia, que entende TUDO da alma felina, conseguiu pegá-lo. Eu já estava aos prantos de tanto nervoso. Achei que nunca mais ia conseguir pegá-lo!
A porta da caixinha, que eu comprei em setembro, quebrou. Soltou a mola e por isso ela abriu e ele saiu numa boa. Foi tudo muito rápido!
Depois disso vim com ele para casa, completamente imundo, sujo de óleo de carro e mais assustado do que nunca!!!!
Depois da confusão, eu fiquei preocupada com ele, mas ele foi acalmando, deixou a versão jaquatirica de lado... e hoje ele estava um doce.
Ele é um gatinho quieto, não mia, não reclama. Fica todo encolhidinho no cantinho dele, mas adora um carinho no pescoço, na cabecinha...
Queria tanto vê-lo bom, sem dor, sem aquela carinha de medo, brincando!
Espero que esse dia chegue logo!

5 comentários:

Claudia disse...

Caramba, que susto que você levou!
Ficaria como vc ficou, se fosse comigo.

Espero que ele tenha rápida recuperação. Um bichinho tão comportado e pequeno não merece sofrer...
bjs

Daniela disse...

Oi Stela! Conheci vc lá na Bichos&Caprichos, visitando o Mel! Afinal, nesta virada de ano, este menino já está crendo na boa sorte dele ou ainda está acuado?

Adorei o seu blog! Realmente inspirador! Vou procurar um lugarzinho para colocar minha história felina e depois mando outros feedbacks sobre o conteúdo que já vi é diverso e dinâmico!

PARABÉNS & BOAS FESTAS PARA VOCÊ E PARA OS LINDOS GATOS QUE TE RODEIAM!

Em boa sintonia,

Daniela Lacé!

Prosopopéias Cintilantes disse...

Oi, Daniela

Tudo bem?
Vocês estava com uma gatinha persa, não é isso?
Como ela está?
Aqui em casa tudo bem, principalmente depois do resultado do teste do Mel! Quanta felicidade!
Ele ainda está medrosinho, mas tenho certeza, que assim que estiver 100% curado, vai começar a relaxar e curtir.
Obrigada pela visita!
Volte sempre, nós adoramos visitas e comentários!
Que 2101 seja um ano repleto de boas notícias, para você e os seus!
Um beijo para todos!
Stela e Petetecos

Daniela disse...

Pois é, Stela! Estávamos, eu e meu parceiro, Fábio, com nossa filhota mais nova, a Shiskabob, uma persa vira-lata - rsrs - que tinha parado de comer. Foi uma odisséia que durou duas semanas, - e a gente fica mesmo com o coração na mão - mas agora está tudo bem. Passei pela Kátia - pediatra dos nossos três filhotes - pela Dra. Francesca em SOS, pela Dra. Yana para uma ultra, pelo CAD para raio-X do rabo, pela Dra. Alessandra para fazer um eco-doppler! No final, a causa do problema inicial, ou seja, por qual razão ela parou de comer, não foi diagnosticada. Tivemos que dar o patê da Hills (a/d) na seringa, durante três dias. Mas no final, deu tudo certo pois foi diagnosticado um problema de coração que, de acordo com a explicação dada pela Dra. Alessandra, não apresenta sintomas; o único sintoma costuma ser fatal, sendo feito, posteriormente, o diagnóstico. Saldo positivo! Afinal, cuidar é isso, certo? Acompanhar nos momentos de felicidade e nos de dificuldade tbm!

Avante!

Daniela.

Prosopopéias Cintilantes disse...

Quem bom que a gatinha melhorou!
È assim mesmo, eles são como filhos... a gente se preocupa igual.
Que bom que vc descobriu o problema e vai poder cuidar dela, que boa notícia!
Eu tb levo os meus na Kátia! Adoro ela!
O Mel é que vai mais na Wânia. Como ela também fica na internação começou a cuidar dele quando ele ficou internado lá. Aí, eu levei nas outras vezes para ela ver, mas a Kátia sempre dava uma olhada junto.
Que bom que você conheceu o blog!
Já viu todos os meus filhos lindos?
Sou muito coruja.
O Blog começou assim. Agora uso o espaço para ajudar outros gatinhos também.
Adorei a visita!
Beijos
Stela e Petetecos